quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Testemunhos da Vida Real !

video

Um comentário importante…

Anónimo disse…
Espero que goste e quem sabe contar esta história poderá dizer onde habita Deus:

"Certo dia, Deus viu que estava a ficar cansado das pessoas. Elas estavam sempre a incomodá-lo, pedindo coisas e mais coisas... Então disseram: “ Vou esconder-me por uns tempos! ” Reuniu alguns dos seus conselheiros e perguntou-lhes: “ Qual é o melhor lugar para eu me esconder? Alguns disseram: “ no cume da montanha mais alta da terra! ”. Outros, pelo contrário, achavam que era no fundo do mar. Aí, certamente, ninguém O encontraria. Outros responderam: “ O melhor lugar é na lua! Lá é impossível alguém descobrir o Senhor. ”Então Deus perguntou ao seu conselheiro mais inteligente: “ Onde achas melhor eu esconder-me? ” E ele, sorridente, respondeu: “ Senhor, esconda-se no coração do ser humano. Esse é o único lugar onde ele nunca vai! ”

(Autor desconhecido)
Que Deus abençoe os enfermeiros que cuidam com amor, por amor!
29 de Julho de 2008 17:35

Frase do dia

“Estamos tão preocupados com o que queremos ter, que esquecemos de agradecer o que já temos.”
Anónimo

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Alimentação do Ostomizado - Parte II

ILEOSTOMIZADOS E COLOSTOMIZADOS

Alimento que podem provocar prisão de ventre:
- alimentos muito fibrosos
- grãos- milho
-
aipo
- pipocas

- nozes
- salada de repolho cru
- vegetais chineses
- bolinhos de coco
- (toranja)

- passas
- frutos secos
- fritos
- casca de maçã e de laranja

Alimento que podem provocar fezes semi-fluidas:
- feijão-verde
- brócolos
- espinafres
- alimentos muito condimentados
-
frutas secas
- cerveja

Alimento que podem provocar flatulência:
- alimentos da família das couves
- cebolas
- feijões
- pepinos
- rabanetes

- cerveja

Alimentos que produzem odor:
- queijo
- ovos
- peixe
- feijão verde

-
cebolas
- vegetais da família das couves
- algumas vitaminas ou medicamentos
- espargos

Obtem-se redução do odor fecal bebendo sumo de oxicoco (zimbro), leitelho ou iogurte.

UROSTOMIZADOS
Geralmente os urostomizados podem fazer alimentação normal.
O sumo de oxicoco (zimbro), o iogurte ou o leitelho ajudam a combater o odor da urina.
Deverão evitar os espargos que produzem um odor muito acentuado da urina.


Bibliografia:
www.lop.pt
Rev. Latino-Am. Enfermagem v.10 n.1 Ribeirão Preto ene. 2002
Jornal Viver, “Cuide da sua Alimentação”, pág 6,7 Julho 2006, Convatec, Paço de Arcos

Paula Leite
Consulta de Enfermagem ao Utente Ostomizado

Pensamentos do dia


A felicidade não está no fim da jornada, mas sim em cada curva do caminho que percorremos para a encontrar.


(Autor desconhecido)



segunda-feira, 11 de agosto de 2008

A Alimentação do Ostomizado - Parte I

Os efeitos dos alimentos no organismo podem ser diferentes de pessoa para pessoa.
Para si, que tem um estoma, é importante esclarecer que com o tempo poderá alimentar-se quase da mesma forma que o fazia antes.

Ao experimentar um alimento novo, faça-o em pequena quantidade. Procure descobrir como é que o seu organismo reage a cada tipo de comida.

Se antes da cirurgia não fazia dieta especial, então o mais certo é que continue assim.

Contudo, deverá respeitar os conselhos gerais, que se aplicam a todas as pessoas:
- Fazer refeições regulares e calmamente;
- Mastigar cuidadosamente todos os alimentos;
- Evitar alimentos irritantes, como: gorduras, fritos e charcutaria;
- Introduzir os alimentos de forma gradual, alargando progressivamente o regime, até atingir uma dieta equilibrada.
- Prudência em certos alimentos que podem provocar gases, diarreia ou prisão de ventre.

- Ingerir pequenas quantidades de alimentos até ser comprovado o seu efeito.

-Beber bastante água especialmente no Verão e os ileostomizados (cerca de 2 l/dia).

- Evitar um aumento excessivo de peso.


Deverá também conhecer as propriedades de certos alimentos, para assim poder controlar a dieta, e alguma possível alteração intestinal, sem ter de recorrer a medicamentos. Conhecendo as propriedades dos alimentos, é mais fácil identificar o, ou os alimentos responsáveis por alguma reacção menos desejada.

Em casos pontuais, pode-se recorrer ao apoio do Serviço de Nutrição, para
prescrição de uma dieta apropriada e equilibrada. (continua)